O Desafio de Manter sua Equipe Motivada Diante da Crise
Maio 5, 2016
Conteúdo Divertido: Isto que é Prima!
Maio 25, 2016

Bom Humor no Trabalho É Fundamental

 

Manter o bom humor no trabalho é fundamental para o seu desempenho e de toda a equipe.

 

Você se considera um profissional sério?

Agora outra pergunta. Como anda seu humor no trabalho?

Alguns podem entender que as perguntas acima não podem ter relações entre si, afinal como manter o bom humor no trabalho e ao mesmo tempo ser ou parecer um profissional sério? Mas é aí que muitos profissionais se tornam limitados nas suas funções, além de tornar seu dia-a-dia mais estressante.

Não precisamos ser sisudos para fazer um trabalho. Será que contar uma piada no meio daquela reunião de 3 horas não irá melhorar o desempenho do todos na reunião? É justo nos divertirmos em um jogo de futebol em um fim de semana e não na execução de um projeto?

Vamos analisar. No jogo de futebol, cada um tem que dar o melhor para superar o adversário, em determinada jogada precisamos concertar um trabalho mal feito de um companheiro de time, tentamos também algumas jogadas individuais em que podemos ganhar ou perder o prestígio do time. Mesmo com tudo isso, é muito divertido. No fim de tudo isso, vamos todos fazer um churrasco e comemorar. Agora me diga, por que o mesmo espírito não se repete no dia-a-dia? Por que reservar o momento de divertimento apenas para o fim de semana?

Agindo assim, seu desempenho naturalmente irá melhorar, pois um ambiente descontraído proporciona maior criatividade, que acaba por trazer maior produtividade e assim melhores resultados.

Toda equipe que visivelmente tem boas relações são as que possuem as famosas piadas internas, histórias engraçadas dentro de um contexto de trabalho.

Já que o humor é conhecidamente um fator importante para estreitar os canais de comunicação entre as pessoas, ele pode ser um caminho para os colaboradores de uma equipe se tornem mais próximos, abertos a novas ideias.  Um bom exemplo é aquele líder que faz piada com si mesmo. Geralmente esse estilo de liderança tem um relacionamento muito mais próximo com os seus liderados comparando com aquele “cara fechada que não gosta de brincadeiras”. Isso se dá pelo fato de ele reduzir o seu próprio status para se colocar no mesmo nível dos liderados.

Você não precisa ser o Sérgio Mallandro da sua equipe, apenas se permitir a deixar o ambiente descontraído quando isso não atrapalha. Não tire sarro das pessoas, tire sarro com as pessoas.

Ouso dizer, inclusive, que o bom humor no trabalho deve ser visto como uma competência pois a mente bem humorada consegue pensar por um ângulo que nenhuma outra pessoa pensou. A piada que mais rimos é aquela que mais nos surpreende, não é mesmo?

 

Jonata Lima é psicólogo, pela Universidade Católica Dom Bosco, especialista em psicologia organizacional e do trabalho com gestão em qualidade. Também possui formação e certificação internacional em life coach e é Executivo de treinamento da COPPINI