Ansiedade e Foco
novembro 17, 2015
Consultoria. O que é? Para que serve? Como ela pode me ajudar? Será que preciso de uma?
dezembro 1, 2015

Coisas que a faculdade não te ensinou

AS PESSOAS NÃO VÃO FAZER O QUE VOCÊ QUER QUE ELAS FAÇAM, SÓ PORQUE VOCÊ QUER. Poderia muito bem terminar meu texto com essa afirmação, que eu garanto, já teria contribuído com uma valiosa lição para a vida de vocês.

E não, não foi naquela aula que você matou, que o professor explicou toda a cientificidade por trás dela. Mas posso afirmar, que cada um dos nossos professores tentou insistentemente nos ensinar isso em cada aula.

E você, jovem, insistiu em acreditar que o mundo era exatamente como os livros previam e não soube ler as entrelinhas.

Você que achou que estava seguro, foi para o mercado de trabalho e tomou um tapa na cara, quando viu que não era tão previsível como você imaginava, não é mesmo?! Tudo bem, todo mundo, eventualmente passa por isso.

Costumo dizer, que o ambiente organizacional é um dos mais complexos que vamos frequentar. Afinal são várias pessoas, que possuem singularidades, histórias e problemas e que ao mesmo tempo buscam uma convivência produtiva, a fim de gerar lucro.

Lidar com todas essas diferenças, é o nosso maior desafio. Nem sempre conhecemos bem quem são essas pessoas, então por que elas deveriam fazer o que queremos que elas façam? Entender isso é o primeiro passo para aprender a lidar com elas.

Cada pessoa entende as coisas de uma forma, age de uma forma, reage de uma forma. Cada colaborador é um indivíduo e quanto mais você conhecê-lo mais você conhecerá seus objetivos. Elas não farão as coisas porque você quer, nem porque você é hierarquicamente superior. Ela fará as coisas, porque ela quer e acredita que você pode auxiliá-la a alcançar seus objetivos.

Pessoas difíceis, reclamonas e complicadas sempre existirão. Mas se eu pudesse te dar só mais um conselho, certamente seria: Não desista delas! Investir nosso tempo a conhecê-las e compreendê-las, pode revelar  grandes talentos.

 

Nathali Palma, é gerente de consultoria da COPPINI. Psicóloga, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com MBA em gestão econômica e estratégica de negócios.