Qual Posicionamento você deseja ter?
outubro 10, 2014
Premissas e promessas
outubro 29, 2014

PMP – Gestão de desempenho!

Aqueles que vivem o mundo das grandes empresas, certamente já ouviram este nome. O PMP é a ferramenta que utilizamos para fazer a gestão da performance/desempenho dos colaboradores nas organizações. Essa é uma sigla do nome em inglês Performance Management Process que traduzido para o português significa processo de gerenciamento de desempenho.

Esta ferramenta oferece uma análise de um ciclo anual de trabalho onde o início é determinado pelo estabelecimento de metas e planos de ação para atingir estas metas. Importante que as mesmas estejam alinhadas com os grandes objetivos da empresa, assim é oferecido significado para o colaborador e o que ele deve atingir durante o ano está na mesma direção com que a empresa toda precisa cumprir. Ao definir as metas, todos os stakeholders devem ser levados em consideração: acionistas, funcionários e clientes da organização.

Neste momento de estabelecimento de objetivos é muito importante que haja uma conversa franca sobre as expectativas de ambos os lados (líder e liderado) para que não tenham surpresas durante o caminho. Não se pode medir o desempenho das pessoas sem antes declarar o que se espera delas. Se a avaliação realizada no final do ciclo do PMP for uma surpresa para o colaborador, provavelmente o gestor não cumpriu seu papel em sua totalidade. O feedback e acompanhamento das metas estabelecidas deve ser realizado durante todo o ciclo anual, apontando aspectos relevantes de comportamento e resultado. A avaliação final do PMP deve ser apenas a formalização do que já vem sendo conversado, com a oportunidade de escrever um novo plano de ação para melhorias para o próximo ciclo.

Após esta primeira fase de definição das metas, segue-se em frente com as ações para cumpri-las. No meio do ciclo deste processo deve ser realizada uma conversa para verificar como estão os andamentos dos trabalhos e se há necessidade de alguma mudança de percurso para se chegar onde deseja. Aqui está uma nova oportunidade para alinhar as expectativas entre líder e liderado e, caso necessário, realizar alguns ajustes no plano original de performance.

E vamos em frente! As metas estabelecidas devem ser S.M.A.R.T (específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais, com prazos para serem obtidas) isto traz objetividade para o processo e se conseguir atrelar a meta a números que possam ser acompanhados isto ajudará ainda mais nesta objetividade.

O PMP é um instrumento muito importante e relevante de avaliação e já é adotado em muitas das grandes empresas. Algumas destas empresas possui estes processos de forma global, ocorrendo da mesma forma no Brasil e em outras localidades em que a empresa tenha escritório. Para aqueles que buscam uma estrutura no processo de avaliação de desempenho dos funcionários, esta ferramenta é muito poderosa pois além de estabelecer metas, discute-se planos de desenvolvimento e ação para atingi-las e há um acompanhamento constante que engloba reuniões de orientação e feedback com o objetivo de sucesso e alinhamento dos combinados.

Um abraço e boa semana,

Ticiana Tucci

ticiana@questaodecoaching.com.br

Texto – http://questaodecoaching.com.br/2014/09/08/pmp-gestao-de-desempenho/
 
Autora
Ticiana Tucci
Psicóloga com MBA executivo em Marketing de Serviços pela ESPM, Coachcertificada pelo ICI (Integrated Coaching Institute) e Analista deAssessment DISC e MBTI. Resolução de Problemas na Creative Problem Solving Institute. University of Bufallo/ NY, USA e é fluente em inglês. Acumulou mais de 15 anos de experiência na área de Recursos Humanos atuando em seleção, treinamento e desenvolvimento. Atuou comoBusiness Partner na American Express, além de ter sido Trainee na Amcham. Desde 2010 atua como Consultora prestando serviços de assessmentcoachingexecutivo e de carreira para pessoa física e empresas dos setores: automotivo, farmacêutico, bens de consumo e financeiro.
 
link blog:  http://questaodecoaching.com.br/